segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Desiderate-se

Siga tranqüilamente entre a inquietude e a pressa, lembrando-se que há sempre paz no silêncio. Tanto que possível, sem humilhar-se, viva em harmonia com todos os que o cercam. 

Fale a sua verdade mansa e calmamente e ouça a dos outros, mesmo a dos insensatos e ignorantes – eles também tem sua própria história.


Evite as pessoas agressivas e transtornadas, elas afligem nosso espírito. Se você se comparar com os outros você se tornará presunçoso e magoado, pois haverá sempre alguém inferior e alguém superior a você. Viva intensamente o que já pode realizar. 


Mantenha-se interessado em seu trabalho, ainda que humilde, ele é o que de real existe ao longo de todo tempo. Seja cauteloso nos negócios, porque o mundo está cheio de astúcia, mas não caia na descrença, a virtude existirá sempre. 


“Você é filho do Universo, irmão das estrelas e árvores. Você merece estar aqui e mesmo que você não possa perceber a terra e o universo vão cumprindo o seu destino.” 

Muita gente luta por altos ideais e em toda parte a vida está cheia de heroísmos.


Seja você mesmo, principalmente, não simule afeição nem seja descrente do amor; porque mesmo diante de tanta aridez e desencanto ele é tão perene quanto a relva. 


Aceite com carinho o conselho dos mais velhos, mas seja compreensível aos impulsos inovadores da juventude. 


Alimente a força do Espírito que o protegerá no infortúnio inesperado, mas não se desespere com perigos imaginários, muitos temores nascem do cansaço e da solidão. 


E a despeito de uma disciplina rigorosa, seja gentil para consigo mesmo. Portanto esteja em paz com Deus, como quer que você O conceba, e quaisquer que sejam seus trabalhos e aspirações, na fatigante jornada da vida, mantenha-se em paz com sua própria alma.




Acima da falsidade, dos desencantos e agruras, o mundo ainda é bonito, seja prudente. Faça tudo para ser feliz.




(Max Ehrmann)
.

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Rosas

Perder você foi uma loucura. Destruição em massa de tudo que eu havia construído.
Foi difícil me levantar dia após dia.
Eu ouvi músicas de amor patéticas por dias a fio.
Tive que lidar com várias vozes. Inclusive a sua. Me lembrando que me apaixonei por um babaca 
Meu Deus, foi horrível. 
Mas olha pra mim agora.
Quando eu te perdi, comecei a lutar por mim


Voltei a querer usar os all stars que você acharia ridículo.
Voltei a dançar sozinha pelo quarto de madrugada. 
Eu li livros incríveis que eu não lia antes para me concentrar nos seus problemas. 
Escutei canções lindas que falam sobre superação.
E comecei a me dar bem com os quilos que você queria que eu perdesse. 
Antes eu tinha que ter certeza que as duas mãos estavam seguras no guidão. 
Hoje elas voam livres e estou aprendendo a lidar com as quedas. 
Obrigada pelo mergulho.