sexta-feira, 15 de junho de 2012

Lembrei de você, escrevi uma carta;

Que a gente possa olhar pra trás e descobrir que teve amor.

Pelos pais, pelos filhos, por pessoas certas no momento errado, por pessoas erradas no momento certo, pela pessoa certa no momento certo...

Que teve amor, que há amor e que sempre haverá.

Se você puder escolher algo para ser eterno, que seja isso.


Lirian

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário