terça-feira, 8 de novembro de 2011

Sei lá, menina, tá tudo tão legal — e um legal tão batalhado, um legal merecido, de costas e pernas doendo, mas coração tranqüilo.
(Caio Fernando Abreu. Carta a Vera Antoun)
"Morrendo de amor, morrendo de ódio,
morrendo de impaciência, morrendo de vontade, morrendo de tristeza.
Vivo morrendo por esses dias."

Lirian

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário