sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Para Janaína, que é moça bonita;

"Então, tens um amigo?
Então não lhe falta amor, assunto, riso, poesia, loucura, música de boteco, cerveja quente com gosto de cumplicidade.
Amizade não é aquilo que constrói elos.
Amizade: é toda força que mantém os elos firmes e fortes, haja o que houver."


Um beijo pra dona Jana, da Lirian

.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Excesso de amor próprio acaba tirando o espaço reservado para o amor de alguém.
Não é tão saudável quanto se imagina.
A gente dosa as consequências de uma relação bem sucedida em equações, quantifica o amor em possibilidades e faz uma sistematização horrorosa de "Hoje eu liguei, então ele deve me ligar na próxima".
Isso é burrice, não amor próprio.
O amor se transmite naquela mensagem mandada às três da manhã, naquela conversa boba em que as mãos se tocam, naquele olhar trocado na vontade. Se me der na telha, eu ligo, mando mensagem, faço um coração no muro da sua casa.
O amor próprio, que tende a ser uma relação de você com você mesmo, não deve anular o prazer de uma boa surpresa, de uma boa descoberta.
Negligenciar amor, em nome de um orgulho ferido, é para quem é fraco, se escondendo em uma máscara de mágoas.

Lirian

.



quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Sobre eu e você;

E no final eu queria que tudo, de alguma forma mágica e inumana,
 fizesse sentido.
Mas eu era imatura, apressada, cheia de planos.
E você media seus dias no que se era capaz de viver.
Eu não pude suportar, mas sim, sinto saudade.

 
Lirian Galinari

 
.

Voltar é bom, mas dói também;

"A verdade é água fresca sobre a ferida aberta.
Sofrer também dinâmico, baby."

Lirian

.