terça-feira, 16 de agosto de 2011

O passado do que não aconteceu;

Nunca fui teimosa.
Muito pelo contrário, desisto muito fácil,
sem lá no fundo me dar completamente por vencida.
Tenho sentimentos teimosos por natureza.
Não sou teimosa, mas esperançosa, e sei que não sou a única capaz de sofrer por vontades que sequer atravessaram o prisma da minha cabeça.
 Acho que é natural de todo ser humano.
 Sonhamos.
Desbotamos juras de amor que nunca aconteceram,
amamos olhos, bocas e mãos que mal nos tocaram,
sentimos saudade de tudo, sem que nada tenha acontecido.
E quando o sonho, por desilusão ou muita ilusão, se desfaz diante de todos nossos sentidos?
Dilacerados, voltamos ao ponto inicial, lutando de um modo inumano pra seguir em frente.
Esperando o sol iluminar uma nova vontade de amor...


Lirian

.


Um comentário: