sexta-feira, 22 de julho de 2011

Do braço, mão. Da boca, vogal;


Quando não se têm mais nada
Não se perde nada
Escudo ou espada
Pode ser o que se for
Livre do temor...



(Nando Reis)
 
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário