quinta-feira, 10 de março de 2011

Escorre pelas mãos;

"Quando eu era criança, ficava sentada na varanda da casa olhando a primavera e esperando que o verão fosse melhor,
quando o verão chegava eu me escorava na beirada da piscina esperando o outono trazer novos ventos pra mudar a estação (e a minha vida também).
Quando o outono chegava, eu sentava embaixo das árvores esperando o inverno e seu presságio. Quando o inverno chegou, eu sentava na carteira da escola esperando pela próxima primavera.
As estações passaram, as situações mudaram,
 noites dormiram e manhãs acordaram
e eu continuo a esperar sentada em qualquer canto,
sem saber se isso já virou obsessão ou burrice."

Lirian

.

Um comentário: