sábado, 26 de fevereiro de 2011

"Vence quem passa por essa vida rindo.
 E se o preço que se paga por ser um pouco feliz é ser um pouco idiota,
DANE-SE."


(Tati Bernardi)
(O caps lock foi por minha conta :)



.


 
Não sei qual a sua mágica, mas sua presença me faz muito feliz.



(Gabi Souza)

.


sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Quando o sol bater na janela do seu quarto;

Até bem pouco tempo atrás,
Poderíamos mudar o mundo,
Quem roubou nossa coragem?
Tudo é dor,
E toda dor vem do desejo,
De não sentimos dor.

(Renato Russo)

.





quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

É que a multidão do seu sorriso aniquilava tudo que havia de mau.
Um batalhão astral de uma pessoa só, com a infeliz capacidade de me fazer...





feliz.


Lirian

.

"Às vezes as pessoas são tão bonitas,
Não pela aparência física
Nem pelo que dizem,
Só pelo que são."

(A Menina que Roubava Livros)

.




E que o mundo saiba;

"É preciso amar as pessoas
Como se não houvesse amanhã
Por que se você parar
Pra pensar
Na verdade não há...
Me diz, por que que o céu é azul?
Explica a grande fúria do mundo?"

(Renato Russo)

.



"Quando tudo nos parece dar errado, acontecem coisas boas.
 Que não teriam acontecido, se tudo tivesse dado certo."



(Renato Russo)
 
.

Nos falta coragem;

"Olha, eu acho mesmo é que falta coragem.
 E tempo. Tempo de olhar em volta e coragem de bater de frente.
Quando foi a última vez que você tomou banho de chuva sem se preocupar com o celular no bolso, os cartões do banco, a chapinha, o sapato que não pode molhar?
As pessoas têm que se permitir.
 Aprender o atraso, o olhar em volta.
Mudar o caminho de todos os dias e se perder no seu próprio bairro.
 É o que tenho feito, me perder.
E devo dizer que estou muito
 feliz por não encontrar o caminho de volta."



(Verônica H.)
 
.

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Nem ligo, farinha de trigo!

Penso que, se uma pessoa me faz rir, já é do bem e vira amiga.
Porque gente luzeira, desse jeito, tá dificil de achar hoje em dia.
 Então, me agarro a ela como se fosse minha salvação.
 Salvação de um dia morno e cinza.
Gosto de gente espontânea e colorida.
Daquelas que distribuem sorrisos de graça.
Não importa se é preto, branco, amarelo.
 Não importa se a opção sexual dela seja outra.
 Tá me entendendo, ô cara pálida?
Fico pensando no que é que as pessoas ganham, ao excluir do seu meio, uma pessoa que escolheu um outro caminho.
E entendo menos ainda, quando essas mesmas pessoas julgam de forma preconceituosa e agressiva as pessoas que as escolhem como amigas.
Mas tô nem aí pra vocês, ó!
Gente de cara amarrada, que só dá coice porque não aprendeu a sorrir.
 Que não aprendeu a ser feliz.
Que não aprendeu a ver a beleza e a delícia que a vida é.
E é pra essa pessoa que eu digo: Se quiser andar com a gente, pode vir.
A gente ouve Lady Gaga bem alto no carro.
 A gente canta e dança enquanto dirige.
 A gente se acaba numa pista de dança.
 A gente pinta as unhas de rosa chicleteee.
 E a gente também costuma estender a mão pra quem joga pedra.
A gente devolve sorriso pra quem mostra a língua.
A gente anda de salto alto enquanto você, de sandália havaianas.
 Porque a alegria de viver, meu bem, não se aprende e não se compra numa botique da esquina.



PRONTOFALEI!


 

(Cris Carvalho)

.




Zero grau de Libra;

Tem um significado todo especial pra mim.

"E porque fé, quando não se tem, se inventa e principalmente porque Deus, se é que existe, anda distraído demais, resolvi chamar a atenção dele para algumas coisas.
Não que isso possa acordá-lo de seu imenso sono divino, enfastiado de humanos, mas para exercitar o ritual e a fé – e para pedir,
mesmo em vão, porque pedir não é só bom, mas às vezes é o que se pode fazer quando tudo vai mal.
Neste zero grau de Libra, queria pedir isso a que chamamos
Deus um olho bom sobre o planeta Terra.
Um olho quente sobre o mendigo gelado que acabei de ver sob a marquise do cine Majestic;
 Deus, põe teu olho amoroso sobre todos os que já tiveram um amor sem nojo nem medo,
e de alguma forma insana esperam a volta dele:
 que os telefones toquem, que as cartas finalmente cheguem.
Passeia teu olhar fatigado pela cidade suja, Deus, e pousa devagar tua mão na cabeça daquele que, de noite, liga para o CVV.
 Olha bem pelo rapaz que, absolutamente só, dez vezes repete Moon Over Bourbon Street e chora. Coloca um spot bem brilhante no caminho das garotas performáticas que para pagar o aluguel dão duro como garçonete pelos bares.
Olha também pelo motorista de táxi que confessa não ter mais esperança alguma.
Olha por todos aqueles que queriam ser outra coisa qualquer que não a são, e viver outra vida que não a que vivem.
 Deita teu perdão sobre os homossexuais tontos de amor não dado, sobre as prostitutas seminuas, sobre os travestis, sobre os porteiros dos prédios comendo sua comida fria nas ruas.
Sobre o descaramento, a sede e a humildade, sobre todos que de alguma forma não deram certo, sobre todos os que continuam tentando por razão nenhuma – sobre esses que sobrevivem a cada dia ao naufrágio de uma por uma das ilusões.
Sobre as antas poderosas, ávidas de matar o sonho alheio – não.
 Derrama sobre elas o seu olhar mais impiedoso, Deus, e afia tua espada.
Que no zero grau de Libra, a balança pese exata na medida do aço frio da espada da justiça.
Mas, para nós, que nos esforçamos tanto e sangramos todo o dia sem desistir, envia teu Sol mais luminoso, esse do zero grau de Libra."

(Caio Fernando Abreu)
 
.
 

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Minha parte favorita;

Olá, olá, olá. Tudo bem?
O texto abaixo é parte da obra "O pequeno príncipe", a parte que mais mexeu comigo nesse livro infantil que todo adulto deveria ler. Uma lição de coisas bonitas. 


E foi então que apareceu a raposa: - Bom dia, disse a raposa. - Bom dia, respondeu polidamente o principezinho, que se voltou, mas não viu nada. - Eu estou aqui, disse a voz, debaixo da macieira... - Quem és tu? Perguntou o principezinho. Tu és bem bonita... - Sou uma raposa, disse a raposa. - Vem brincar comigo, propôs o principezinho. Estou tão triste... - Eu não posso brincar contigo, disse a raposa. Não me cativaram ainda. - Ah! Desculpa, disse o principezinho. - Após uma reflexão, acrescentou: - Que quer dizer “cativar”? - É uma coisa muito esquecida, disse a raposa. Tu não és ainda para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens necessidade de mim. Não passo a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás para mim único no mundo. E eu serei para ti única no mundo... ...Mas a raposa voltou a sua idéia. - Minha vida é monótona. Eu caço as galinhas e os homens me caçam. Todas as galinhas se parecem e todos os homens se parecem também. E por isso eu me aborreço um pouco. Mas se tu me cativas, minha vida será como cheia de sol. Conhecerei um barulho de passos que será diferente dos outros. Os outros me fazem entrar debaixo da terra. O teu me chamará para fora da toca, como se fosse música. E depois, olha! Vês, lá longe, os campos de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim é inútil. Os campos de trigo não me lembram coisa alguma. E isso é triste! Mas tu tens cabelos cor de ouro. Então será maravilhoso quando tiveres me cativado. O trigo, que é dourado fará lembrar-me de ti. E eu amarei o barulho do vento no trigo... E a raposa calou-se e considerou por muito tempo o príncipe: - Por favor... cativa-me! Disse ela. - Bem quisera, disse o principezinho, mas não tenho muito tempo. Tenho amigos a descobrir e muitas coisas a conhecer. - A gente só conhece bem as coisas que cativou, disse a raposa. Os homens não têm tempo de conhecer coisa alguma. Compram tudo prontinho nas lojas. Mas como não existem lojas de amigos, os homens não têm mais amigos. Se tu queres um amigo, cativa-me! - Que é preciso fazer? Perguntou o principezinho. - É preciso ser paciente, respondeu a raposa. Tu te sentarás primeiro um pouco longe de mim, assim na relva. Eu te olharei com o canto do olho e tu não dirás nada. A linguagem é uma fonte de mau-entendidos. Mas, a cada dia, te sentarás mais perto... No dia seguinte o principezinho voltou. - Teria sido melhor voltares à mesma hora, disse a raposa. Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz. Quanto mais a hora for chegando, mais eu sentirei feliz. Às quatro horas, então, estarei inquieta e agitada: descobrirei o preço da felicidade! Mas se tu vens a qualquer momento, nunca saberei a hora de preparar o coração...É preciso ritos... ... Assim o principezinho cativou a raposa. Mas, quando chegou a hora da partida, a raposa disse: - Ah! Eu vou chorar. - A culpa é tua, disse o principezinho, eu não queria te fazer mal; mas tu quiseste que eu te cativasse... - Quis, disse a raposa. - Mas tu vais chorar! Disse o principezinho. - Vou, disse a raposa. - Então, não sais lucrando nada! - Eu lucro, disse a raposa, por causa da cor do trigo. Depois ela acrescentou: - Vai rever as rosas. Tu compreenderás que a tua é única no mundo. Tu voltarás para me dizer adeus, e eu te farei presente de um segredo. Foi o principezinho rever as rosas: - Vós não sois absolutamente iguais a minha rosa, vós não sois nada ainda. Ninguém ainda vos cativou, nem cativaste a ninguém. Sois como era minha raposa. Era uma igual a cem mil outras. Mas eu fiz dela um amigo. Agora ela é única no mundo. E as rosas estavam desapontadas. - Sois belas, mas vazias, disse ele ainda. Não se pode morrer por vós. Minha rosa, sem dúvida um transeunte qualquer pensaria que se parece convosco. Ela sozinha é porém mais importante que vós todas, pois foi a ela que eu reguei. Foi a ela que pus sob uma redoma. Foi a ela que eu abriguei com o paravento. Foi dela que eu matei as larvas ( exceto duas ou três borboletas). Foi a ela que eu escutei queixar-se ou gabar-se, ou mesmo calar-se algumas vezes. É a minha rosa. E voltou, então, à raposa: - Adeus, disse ele... - Adeus, disse a raposa. Eis o meu segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos. - O essencial é invisível para os olhos, repetiu o principezinho, a fim de se lembrar. -Foi o tempo que perdeste com a tua rosa que fez tua rosa tão importante. -Foi o tempo que perdi com a minha rosa... repetiu o principezinho a fim de se lembrar. - Os homens esqueceram essa verdade, disse a raposa. Mas tu não deve esquecer. Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas. Tu és responsável pela rosa... - eu sou responsável pela minha rosa... repetiu o principezinho, a fim de se lembrar.







(Antoine de Saint-Exupéry)
"Vive mais feliz quem tem olhos capazes de escutar o canto amoroso da simplicidade.
É nas miudezas que tudo aquilo que realmente importa se revela com maior nitidez."



(Ana Jácomo)
 
.
Modelo mais linda do mundo: Sossô Bisconsin, em uma foto não tirada pelo
tio Tiago
 
.
“Sem tempo para lidar com mediocridades.
 Não quero estar em lugares onde desfilam egos inflados.
 Não tolero gabolices. Inquieto-me com invejosos tentando
 destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte...
 Lembrei-me agora de Mário de Andrade que afirmou:
'as pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos'.
Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos,
quero a essência, minha alma tem pressa.”



(Rubem Alves)
 
.
 

Eu desejo. Te desejo também;

 Intimidade é quando a vida da gente relaxa diante de outra vida e respira macio.     Ana Jácomo
Desejo que haja cumplicidade.
Que o entendimento aconteça no olhar.
Que as palavras sejam estilingues e não pedras.
Desejo que haja tolerância e muita paciência.
Que os defeitos de um, não machuquem o outro.
Que as qualidades de um, não ofusquem o outro.
Desejo que o tempo seja generoso
Que os dias passem em paz.
Que as noites sejam de festa.
Desejo que a a rotina não seja cruel
Que a paixão seja sempre descoberta.
Que o abraço seja sempre conforto.
Desejo que as vontades caminhem de mãos dadas
Que as diferenças e distâncias só sirvam para aproximar.
E que a fé no amor, seja salvação para todos os dias."



(Briza Mulatinho)
 
.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

"Se as pessoas estão sempre indo e vindo,
eu só queria alguém minimamente eterno em sua duração,
que me fizesse parar de achar normal essa história de perder as pessoas pela vida."



(Verônica H.)
 
.

Sendo o que dá pra ser;

 "Não sou boa com números.
Com frases-feitas. E com morais de história.
Gosto do que me tira o fôlego.
Venero o improvável. Almejo o quase impossível.
Meu coração é livre, mesmo amando tanto. Tenho um ritmo que me complica.
Uma vontade que não passa. Uma palavra que nunca dorme.

Quer um bom desafio? Experimente gostar de mim.
Não sou fácil. Não coleciono inimigos.
Quase nunca estou pra ninguém.
Mudo de humor conforme a lua.
Me irrito fácil.
Me desinteresso à toa.

Tenho o desassossego dentro da bolsa.
E um par de asas que nunca deixo.
 Às vezes, quando é tarde da noite, eu viajo.
E - sem saber - busco respostas que não encontro aqui.
Ontem, eu perdi um sonho. E acordei chorando, logo eu que adoro sorrir...
Mas não tem nada, não.
Bonito mesmo é essa coisa da vida: um dia, quando menos se espera, a gente se supera.
E chega mais perto de ser quem - na verdade - a gente é. "


 

(Fernanda Mello)
 
.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Passei, passou;

Que a transformação seja sincera.
Que os ventos sejam brandos.
Que a conversa seja boa.
Que tudo aquilo que chegar até mim antes do ontem já se torne passado.

Lirian

.


Fé em Deus e pé na tábua;

"Deus que segura a minha mão no meio da correnteza
e Dela eu não solto nunca.
 Nunquinha.
É pra vida inteira.
É pra vida toda.
É uma escolha.
É fé que move.
Esperança que rodeia.
É amor que me cerca. É luz que me guia."

 

(Vanessa Leonardi)
 
.

Os meus desenhos herméticos, as palavras de Dalai Lama (8)

"Dê a quem você ama: asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar."



(Dalai Lama)
 
.
 

Feliz aniversário, abiguinho =]

Eu quero que você saiba hoje, amanhã e depois e depois e depois
que o amor-amizade-paixão-cor-de-coisa-boa
que te tenho são teus. E apenas teus. De mais ninguém.


Beijos, da Lih do Thiones!

.

Me agarro a tudo que me traga fé, lembrança boa, cheiro de melhor amigo.
Me agarro a tudo que traz amor, saudade sem dor, gosto de final de tarde.
Assim os dias vão e me agarro a tudo que me faz mais forte.
Como você.

Lirian

.

"Condenados à felicidade, como se ela fosse um direito constitucional."



(Fabrício Carpinejar)
 
.

domingo, 13 de fevereiro de 2011

"Crescer custa, demora, esfola, mas compensa.
 É uma vitória secreta, sem testemunhas.
 O adversário somos nós mesmos."



(Martha Medeiros)
 
.

Tão Caio Fernando;

"É burro cantar coisas que eu, tu, ele, nós sentimos?
É brega ter desejos e carências e dores e suspiros assim, de gente?
Sentir não é brega.
Ao contrário: não existe nada mais chique."



(Sempre, Caio F.)

.


A verdade de Cris Guerra;

"É difícil mudar de casa. Sair da casca. Deixar o quentinho do cobertor. Sair do banho e alcançar a toalha. Mudanças são contrastes de estados e, por isso, doloridas.
É nascer de novo sair de uma relação para o vazio. Ou para outra.
É preciso coragem e ruptura.
 É preciso acreditar.
 Comum permanecermos imóveis por mais que o suportável.
Sair do banho e agachar enrolado na toalha, pensando na vida.
 Demorar um tempo até tomar coragem pra mudar de posição.
Mudar é um parto, sempre. Mesmo que o novo mundo seja melhor.
 Diante do universo inteiro que se anuncia novo, o de alguém que chegou de surpresa, muitas vezes nos acovardamos."



(Cris Guerra)
 
.

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Eu sinto muito, muito, muito a sua falta;


Eu vejo o seu retrato
Eu sinto o cheiro da sua pele
No travesseiro vazio, próximo ao meu
Tem apenas 10 dias que você se foi,
Mas a verdade é que eu estou me acabando.
Eu sei que eu verei você novamente,
Cedo ou tarde.
Mas eu preciso que você saiba que eu gosto de você
E que eu sinto sua falta
 
(Incubus - I miss you)
 
.
 
 
Não vou viver como alguém que só espera um novo amor
Há outras coisas no caminho aonde eu vou
As vezes ando só, trocando passos com a solidão
Momentos que são meus e que não abro mão

Já sei olhar o rio por onde a vida passa
Sem me precipitar e nem perder a hora
Escuto no silêncio que há em mim e basta
Outro tempo começou pra mim agora
(...)

 
É... mas tenho ainda muita coisa pra arrumar
Promessas que me fiz e que ainda não cumpri
Palavras me aguardam o tempo exato pra falar
Coisas minhas,
talvez você nem queira ouvir...


(Ana Carolina - Pra rua me levar)

.







O destino aceito sem dizer sim ou dizer não
Sem entender
E fica a sensação de saber exatamente porque menti
Eu sei de onde vim e pra onde irei
Mas com você eu fico sem saber onde estou
Nós dois que sequer nos parecemos
E não cabemos num mesmo espelho
Mas nos olhamos toda manhã
A ferrugem mesmo pouca
Corrói os trilhos
As ruas nos atravessam
Sem olhar pro lado
Estou em você

(Ana Carolina - O rio)
 
.
 

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

"Deleto pessoas. Tenho um login e uma senha, me acho no direito."



(Cris Carvalho)
 
.

"Eu demoraria mais o meu olhar no teu, se não fossem o passado, as mágoas, a alma encardida. Eu demoraria mais o meu olhar no teu,
se não fossem as brigas, as palavras mal-ditas, o "passou-da-conta-agora-chega".
 Eu demoraria mais o meu olhar no teu, se não fossem as cartas rasgadas, a música esquecida, a falta de compreensão.
Eu demoraria mais o meu olhar no teu,
 se não fosse o medo de me ver refletida bem dentro,
bem fundo dos teus olhos, como aquela velha cigana, um dia, contou ao ler minha mão."



(Cris Carvalho)
 
.

As vezes nós damos uma segunda chance para as pessoas, não porque aprendemos a perdoar seus erros, mas sim por medo de perdê-las para sempre.
"Tomara que a gente não desista de ser quem é por nada nem ninguém deste mundo.
 Que a gente reconheça o poder do outro sem esquecer do nosso.
Que as mentiras alheias não confundam as nossas verdades (...)
Que friagem nenhuma seja capaz de encabular o nosso calor mais bonito.
Que, mesmo quando estivermos doendo, não percamos de vista nem de sonho a ideia da alegria"



(Ana Jácomo)
 
.

"Que eu tenha delicadeza para acolher aqueles que entrarem na roda
e
 sabedoria para abençoar aqueles que dela se retirarem."

(Ana Jácomo)

.
"Só posso estar na vida das pessoas,
se for para fazê-las crescer,
do contrário, sou perfeitamente dispensável"

 
(Pe. Fábio de Melo)
 
.

"Estou cansada dessa promoção de mim.
Cansei de me entregar tanto e nunca me entregar por completo,
de ser só a promessa, a vertigem e a decepção.
 E então esse cansaço que não sei se é dos outros ou de mim mesma."



(Verônica H.)
_Então, tem coisas que a gente não sabe, a gente sente. É isso.
"Dói mesmo, eu me apaixono mesmo, sou intensa mesmo,
eu me ferro mesmo, às vezes eu ferro as pessoas mesmo."



(Tati Bernardi)
 
.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Pri! (3 batidinhas), Pri! (3 batidinhas), Pri! (3 batidinhas);


Eu estava feliz? No mundo dos emoticons eu era =D!


(Sheldon Cooper)
 
 
 
 
 
 
P.s: Desculpa, Pri! Não deu pra resistir!

Priscila e seus poderes;


Sabe quando a gente abre a janela numa manhã de domingo
e entra aqueles raios preguiçosos e deliciosos de sol? 
 Ela é assim.
Ela inunda tudo de luz, de alegria, de uma beleza tão, mais tão bela, que me ilumina por dentro.

Lirian

.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Eu ando tomando o rumo certo agora, me deseje sorte.

Caio Fernando Abreu

.



segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

"Às vezes te odeio por quase um segundo... depois te amo mais..."

(Cazuza)
 
.

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

A melhor parte de mim foi a tal parte que eu soube dividir com os outros.

Lirian

.


Só crio amigos imaginários,
verdades inventadas,
e expectativas reais.
É lógico que eu ia me ferrar sendo assim.

Lirian

.

O amor odeia clichês;

”Às vezes as pessoas fazem jogo duro porque precisam saber se os sentimentos da outra pessoa são reais.”   
"A primeira lição está dada: o amor é onipresente.
Agora a segunda: mas é imprevisível.
 Jamais espere ouvir "eu te amo" num jantar à luz de velas, no dia dos namorados.
Ou receber flores logo após a primeira transa.
O amor odeia clichês.
 Você vai ouvir "eu te amo" numa terça-feira, às quatro da tarde, depois de uma discussão,
e as flores vão chegar no dia que você tirar carteira de motorista,
depois de aprovado no teste de baliza. Idealizar é sofrer.
Amar é surpreender."


Martha Medeiros
 
.

Eu não queria ser assim;

- Eu trocaria todos os meus amanhãs por um único ontem.Sussuro: (Com Você) Janis J.
"Eu não deixo você seguir em frente, não é?
 Estou sempre no seu caminho fazendo você tropeçar no passado.
Esse não era o papel que eu queria, pode ter certeza.
Queria fazer valer seus instantes perdidos me observando numa festa cheia e tentando entender meus enigmas.
Eu sou uma decepção.
Parecia tão interessante, tão cheia de luz.
 E agora sou essa criança que só quer agarrar você e proibir de brincar com os outros amiguinhos. Só meu, não empresto.
Não desiste de mim.
Por trás de tanta indecisão tem alguém que precisa de companhia mesmo fingindo que não.
 Tem alguém que odeia todo mundo num segundo e chora de saudades de todos no segundo seguinte. E de você principalmente.
 Desculpa.
 Eu realmente não queria ser assim pra você."

Verônica H.

.

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

"Senhor, que eu nunca perca o dom de enxergar
doçuras onde o resto do mundo só enxerga o cotidiano.
Amém."


Lirian

.