sábado, 9 de outubro de 2010

Não vai precisar de título;

Mas o pior não é não conseguir
É desistir de tentar
Não acredite no que eles dizem
Perceba o medo de amar
Eu cresci ouvindo anedotas, clichês e chacotas, frustrações
Sobre amasiar, se casar, se entregar seria fraquejar
Te amo, Te amo, Te amo
Te amo, Te amo, Te amo
E se o tempo levar você, e um dia eu te olhar e não te reconhecer
E se o romance se desconstruir,
 perder o sentido e me esquecer por ai
Mas nós somos um quadro de Klimt,
O beijo para sempre,
fagulhando em cores
Resistindo a tudo seremos dois velhos felizes de mãos dadas numa tarde de sol
Pra sempre

A música mais bonita dessa semana,
doce Vanessa da Mata!

.


Nenhum comentário:

Postar um comentário