quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Quero;

Mas eu não quero conforto.
Quero Deus, quero a poesia, quero o perigo autêntico, quero a liberdade, quero a bondade, quero o pecado.

(Admirável Mundo Novo - Aldous Huxley)
 
.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário