quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Infinita afinidade;

Meu anjo favorito mora numa nuvem de algodão
mora com os outros anjos do céu
mas ele é mais bonito.
E ele olha pra mim todos os dias
tua menina cresceu, não foi?
Mas a saudade dela continua de criança
que ainda não aprendeu a partir.
Me protege e me leve quando eu estiver pronta pra você.
Te carrego no peito e na alma.
Você está no meu mensageiro-dos-ventos, no meu riso, no meu choro infantil de saudade.
Você está no que eu conservei de melhor.
E minha existência ainda se alegra quando eu me lembro de tocar na tua mão calejada, de te acompanhar nas missas de domingo, da ligação infinita de amor que tive com você desde que nasci.
Me espera, que um dia vou te visitar na nuvem de algodão
(prepare teu melhor abraço).

Lirian

.

Vô, obrigada por tudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário