quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Deus sabe a minha confissão;

(...) e eu amo.
Vou continuar amando como uma donzela que espera
enfadonhamente pelo resgate em um castelo urbano qualquer.
Eu amo porque é puro, simples, não exije explicação.
Porque até mesmo o velho amor deixa tudo numa expectativa nova.
Revigora a alma, a pele, os hormônios e o coração.


Lirian


.


Nenhum comentário:

Postar um comentário