quinta-feira, 1 de julho de 2010


E a gente vivia num mundo especial.
Não havia tempo, regras, horários ou cotidiano pintado de cinza.
Um vivia no coração do outro.
Isso bastava pra gente ser feliz.
Não bastava?

Lirian

.


Nenhum comentário:

Postar um comentário