terça-feira, 18 de maio de 2010

É sempre assim;



 
"Toda mulher feliz e equilibrada deixa saudades.
 Mas eu não queria.
Eu só queria amar alguém, com toda a tristeza e desequilíbrio que vem junto com isso, e continuar deixando saudades.
Quando dizem que namoro ou casamento ou qualquer relacionamento mais sério não pode dar certo, eu discordo.
O que definitivamente não dá certo, ao menos para mim, é se apaixonar. Agora, que graça tem fazer qualquer coisa da vida sem estar apaixonada?
Ô vidinha filha da puta. "


 
(Tati B.)


Nenhum comentário:

Postar um comentário