sábado, 3 de abril de 2010

Não mesmo;


"Porque eu me apaixono tão fácil e demoro tanto pra esquecer?
Do que me adiantou por todos esses anos ter um cérebro de jogadora, uma mente hábil e centrada, com raciocínios rápidos e inteligentes, mas se nasci com um coração burro, atordoado e inundado de amor até as veias. Isso não devia acontecer com a gente."


Lirian Galinari

.


Nenhum comentário:

Postar um comentário