quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Anjo;


Foi com uma dor imensa no peito que recebi a notícia da morte de Zilda Arns.
 O céu ganhou mais um anjo precioso.
Zilda Arns, médica pediatra, sanitarista, fundadora da Pastoral da Criança e da Pessoa Idosa, teve uma obra vasta e fez da sua profissão uma missão, um legado.
Zilda apostou fundo na saúde pública, criando meios de salvar crianças carentes da desnutrição, da violência e da mortalidade infantil através de um programa de acompanhamento comunitário sobre o desenvolvimento dessas crianças em suas comunidades, seu projeto revelava principalmente as mães, meios de erradicação de doenças próprias da infância.
Conhecimento, cidadania, solidariedade e amor acima de tudo.
Um amor que converteu centenas de voluntários que desenvolveram em seus lares a transformação social pretendida por Zilda.
Essa que vos escreve tem intimidade para dizer isto porque foi voluntária nessa causa e entende, assim como apoia e respeita muito, o trabalho de quem se doa por aqueles que encontram-se em condição desfavorável e assim como missão aceitaram transformar toda uma realidade. Uma experiência linda é o que carrego após mais de ano como brinquedista. Ver o crescimento daquelas crianças é tão especial, tão apaixonante, que entendemos a devoção de Zilda Arns por esse projeto.
Zilda deixou uma lição de compaixão, uma inspiração para todos e creio eu que se ela pudesse optar, estaria exatamente ali, entre aqueles que tanto amava.


.

p.siu: à mestra, com carinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário